Abobado

Estamos de parabéns. Estamos matando nossas cidades

2 comments

Beiramar Norte: A imobilidade urbana é consequência dos incentivos para a compra de novos carros

Do blog Tijoladas

Com apoio do Governo Federal foi dado mais um passo para a destruição de nossa qualidade de vida. Mais automóveis e motos nas ruas.

Qual o incentivo que o governo deu para a fabricação de vagões de  trens, bondes e metros?

E para a fabricação de ônibus?  Houve redução de IPI?

Fico muito puto, quando políticos vagabundos falam em mobilidade urbana. O que fazem para barrar a tragédia do transporte automotivo individual? Porra nenhuma!

Esses políticos escrotos são especialistas em comprar carros para o serviço público. Adoram desfilar com carros importados, comprados para uso em atividades em que poderiam usar seu próprio veículo ou ir de táxi.

Em Florianópolis, o vigarista do Dário e seu vice João Batista, mantém fechados terminais de ônibus e postergam soluções para o transporte de massa. O mequetrefe só quer fazer mais viadutos.

O de Capoeiras, feito como os córnos dele, provoca congestionamento todo dia na conversão Angeloni/Ivo Silveira em direção ao Kobrasol. O elevado fica vazio por causa da fila que sai da Ivo Silveira e passa por baixo do viadárioduto. Um merda de obra.

A integração do transporte público metropolitano só deve sair o dia que os três forem em cana. Dário Berger (Florianópolis), Djalma Berger (São José) e Ronério Heiderscheidt (Palhoça), a tripla criminosa que nos assombra no comando das cidades.

Mais de 14 mil veículos emplacados em Santa Catarina em março. Depois a classe média idiota reclama dos engarrafamentos, do caos no trânsito.

O aumento gigantesco da frota de automóveis esconde outra tragédia. O aumento de acidentes de trânsito e o consequente custo disso para a sociedade.

São bilhões de reais drenados para custear os gastos com vítimas de acidentes. O colapso do sistema de saúde pública está relacionado com essa política infame de apoio ao transporte individual.

2 Responses to 'Estamos de parabéns. Estamos matando nossas cidades'

Subscribe to comments with RSS or TrackBack to 'Estamos de parabéns. Estamos matando nossas cidades'.

  1. Caro catarinense,
    O fenõmeno é geral. A GM do Brasil ganhou 2 bilhões o ano passado, porque a coitadinha está quebrada em seu país de origem.O pretexto é o número de empregos que numa montadora robotizada, é ridículo em comparação aos valores que movimenta.
    E como se poderiajustificar todas as guerras atrás do petróleo dos outros, se não houvesse o desperdício insano do transporte individual?
    Sistema capitalista é isso mesmo. O modelo neoliberal, claro, só acentuou seus dados caricaturais e demenciais.
    Quanto a emprego, ou melhor, trabalho… Que tal uma reforma agrária como precisa ser realizada, não só distribuição de lotes, mas planejamento agrícola, armazenagem, distribuição? E seria mais útil que transitar de cá para lá para ostentar que se podem pagar as prestações de carros ordinaríssimos, causadors de acidentes quase sempre fatais, porque se desmancham à menor batidinha (com as pessoas dentro).
    TAnia Jamardo Faillace – jornalista e escritora de Porto Alegre – ativista social

    tania j. faillace

    2 maio 10 at 2:55 pm

  2. O problema maior esta em segurar o homem no campo e dar condições para que la permaneça e produza, Acesso a ensino tecnico inclusive.Qto ao transporte urbano, o Brasileiro ainda não dixou cair a ficha, a solução esta nos trilhos,hidrovias etc, mas o nó gordio esta em controlar o crescimento de uma cidade. Como?

    Radomsky

    2 maio 10 at 7:09 pm

Leave a Reply