Abobado

Archive for abril, 2009

Santa Catarina – Sobe para oito o número de mortos no acidente com ônibus de argentinos

leave a comment

Tragédia rodoviária em Rancho Queimado: Até agora confirmadas oito mortes de turistas argentinos

O capitão do Corpo de Bombeiros Giovanni Matiuzzi, que comanda a operação de resgate no acidente com ônibus argentino em Rancho Queimado, na Grande Florianópolis, confirmou a morte de oito pessoas. O veículo caiu de uma ribanceira de 60 metros de altura no km 65 da BR-282 na noite de domingo.

Segundo as primeiras informações, 35 pessoas estariam no ônibus, 32 mulheres e três homens. Os turistas da terceira idade estariam voltando de Balneário Camboriú — destino frequente de idosos nessa época do ano — onde estavam desde o dia 14.

O local onde o ônibus caiu é de difícil acesso, em uma curva para a direita no sentido Litoral-Oeste. O veículo ficou tombado, com as rodas para cima. O ponto em que o ônibus parou fica em meio à mata, em uma propriedade rural. As ambulâncias ficaram fora da BR-282, nas estradas de acesso às propriedades, e, por isso, não houve a necessidade de fechar as pistas da rodovia. Pelo menos 20 carros de salvamento estão no local. ClicRBS

Leias mais aqui.

Foto de Maurício Vieira – DC.

Written by Abobado

abril 20th, 2009 at 1:04 am

Roseana divide a oposição para governar o Maranhão

leave a comment

Roseana na Assembléia toma posse no Governo do Estado do Maranhão (17/04/2009). Lobão tá junto

Três dias depois de assumir o Estado do Maranhão, a ex-senadora Roseana Sarney (PMDB) inicia amanhã seu governo investindo no racha dos partidos de oposição e disposta a trazer para seu lado antigos aliados que romperam com a família Sarney. É o caso do ex-prefeito de São Luís Tadeu Palácio, do PDT do governador cassado Jackson Lago, que vai assumir a secretaria de Turismo do Estado. Roseana Sarney também dividiu o PT e dará a secretaria de Trabalho para a chamada ala "sarneísta" do partido.

Ao mesmo tempo em que trabalha pelo racha na oposição e pela ampliação de sua base de apoio na Assembleia Legislativa, a nova governadora tenta dissociar sua imagem de seu pai, o senador José Sarney (PMDB-AP). Empossada na última sexta-feira no cargo, Roseana afirma, sem modéstia, que ganhou o governo do Maranhão no primeiro turno das eleições de 2006, quando obteve 49% dos votos válidos – na realidade, no primeiro turno, ela obteve 47,2% dos votos válidos contra 34,3% dados ao ex-governador Jackson Lago (PDT). Estadão Online

Leia mais aqui.

Written by Abobado

abril 19th, 2009 at 8:06 pm

Protógenes usou cota de passagens do PSOL, diz Luciana Genro

leave a comment

Luciana Genro e Protógenes em intervalo da CPI da Escutas Telefônicas no dia 08/04/2009

O delegado usou, usará e considero um uso dos mais justos e legítimos da minha cota de passagem porque foi na luta contra a corrupção. É a mesma bandeira do PSOL e do delegado Protógenes", disse Luciana.

A deputada disse que, se a Câmara proibir que terceiros utilizem a cota de passagens aéreas para fins relacionados ao mandato, o PSOL poderá ressarcir os cofres da Casa. Do contrário, ela disse que o partido não vai reembolsar a Casa –uma vez que a prática é autorizada pela Câmara.

O delegado Protógenes Queiroz utilizou a cota de passagem aérea da deputada Luciana Genro (PSOL-RS) para participar de um ato do partido contra a corrupção e proferir palestra a estudantes, no Rio Grande do Sul, no final do ano passado.

A parlamentar confirmou que seu gabinete emitiu dois bilhetes para o delegado porque os atos eram relacionados ao combate à corrupção – principal bandeira de campanha do PSOL. Folha Online

Leia mais aqui.

Written by Abobado

abril 19th, 2009 at 7:38 pm

O que é spread?

one comment

Spread bancário no Brasil: Como entender essa patifaria, agiotagem e rapinagem no nosso bolso

Entre em um banco e deposite 100 reais em uma caderneta de poupança. O funcionário lhe dirá para retornar daqui a um mês, para receber seus polpudos dividendos, algo como R$ 100,60. Em seguida, ao mesmo funcionário, no mesmo balcão, você pede 100 reais emprestados. Receberá a resposta de que – além de todos os trâmites de cadastro, garantia, ficha pregressa etc. -, deverá pagar, daqui a um mês, algo como 109 reais.

Essa ”pequena” diferença – algo como 15 vezes mais – é o que os bancos e os economistas, ministros, presidentes de bancos centrais, e todos os que funcionam como seus ventríloquos, chamam de spread. Em inglês, para melhor disfarçar, como convêm ao economês.

Mas o que é o spread? Os dicionários falam sempre de algo como ”extensão”, ”propagação”, ”expansão”, no máximo ”pasta para passar no pão”. Nada que possa esclarecer essa estranha mágica de pagar 0,6% e cobrar 9% ao mês e que faz a felicidade dos bancos e propicia os recordes de lucratividade do sistema financeiro à custa de quem não vive da especulação.

Os dicionários de economia esclarecem que spread é a diferença entre o quanto os bancos pagam e o quanto recebem; em outras palavras, o lucro dos bancos. Nenhum investimento permite ganhar tanto, em prazo tão curto, com tanta liquidez e pouco ou nada de imposto – recordemos que investimentos estrangeiros na Bovespa não pagam imposto, ao contrário da cesta básica, de livros etc. Consciência.net

Leia mais aqui.

Written by Abobado

abril 9th, 2009 at 1:04 pm

Senadores gastam média de R$ 6.000 mensais em celular

leave a comment

-cropTião Viana: Emprestou o celular para a filha no México e o Senado gastou mais de R$ 14 mil com a conta

O Senado gastou R$ 8,6 milhões com pagamento de contas de telefones celulares no ano passado. Em média, o gasto por parlamentar foi de ao menos R$ 6.126 mensais.

O Senado detém 232 aparelhos. Desse total, 110 estão em posse dos senadores e 122 com servidores em cargo de chefia. O responsável pela distribuição é o diretor-geral do Senado, Alexandre Gazineo.

De acordo com a reportagem, os senadores não têm limite de gasto com a conta de celular. Já os servidores com função comissionada número 9, a mais alta, podem gastar até R$ 300 por mês. Para servidores com funções comissionadas números 7 e 8, os gastos estão limitados a R$ 200 e R$ 250, respectivamente. Folha Online

Leia mais aqui.

Written by Abobado

abril 9th, 2009 at 9:04 am

Santa Catarina – BR-101 tem 15 quilômetros de fila nos dois sentidos

leave a comment

As placas que faltam na BR-101: Se você visse este aviso utilizaria a rodovia?

A BR-101 tem um engarrafamento de 15 quilômetros nos dois sentidos, a partir do Morro dos Cavalos, por volta do km 232, em Palhoça, interditado para detonação de rochas.

Além do trecho, a BR-101 também foi bloqueada para obras em Penha, município de Paulo Lopes, na Grande Florianópolis, e no Morro da Tractebel, em Capivari de Baixo, no Sul, às 12h desta terça-feira, mas já foi liberada.

A previsão da Autopista Sul era terminar os trabalhos no Morro dos Cavalos por volta das 14h, mas a interrupção foi prorrogada até as 18h30min. Não há desvio possível na estrada. ClicRBS

Leia mais aqui.

Comentário meu: Já estou acostumado com os congestionamentos da BR-101/Sul e da falta de informação por parte dos responsáveis (Dnit). Me utilizo dela religiosamente todos os finais de semana fazendo o trajeto Laguna/Florianópolis/Laguna. Sei os dias em que os serviços de detonação de rocha são executados e não pego a estrada nessas ocasiões.

Mas, com exceção dos caminhoneiros e outros que conhecem a estrada e suas manhas, muitos não sabem desses trabalhos de detonação (e do bloqueio na estrada), necessários para a continuação das obras de duplicação que nem Deus sabe quando vai terminar.

E é justamente em função da total falta de informação e descaso que venho propor ao digníssimo superintendente Regional do Dnit em Santa Catarina, João José dos Santos, que mande confeccionar placas alertando os motoristas sobre a interrupção da rodovia nos dias em que os trabalhos de detonação de rochas forem efetivados.

As placas poderiam e deveriam ser colocadas ao longo da rodovia (três ou quatro em cada trecho nos dois sentidos – sul e norte), e retiradas logo após a conclusão dos trabalhos e a abertura da estrada para o tráfego.

Medida prática, barata, simples e que evitaria esse caos que se verifica três dias por semana na BR-101/Sul.

Deixo aqui de chamar os responsáveis pelo Dnit de incompetentes, com falta de imaginação, que acham que todos pensam como eles, que tratam os usuários como se fossem idiotas, que só tentam resolver os problemas de nossas estradas quando o pior acontece, que não têm planejamento, que não sabem o que fazem e ainda dizem que existe um site decente que informa ao usuário sobre o estado das estradas federais em Santa Catarina.

A propósito, existe o dito site (nacional); uma página paupérrima, escrita com uma fonte (letra) que daria inveja a qualquer contrato de empresa de seguros ou TV por assinatura.

Parte do site do Dnit da internet: Até conseguir acessar você já está na fila da estrada

Clique aqui para chegar direto sem precisar percorrer o caminho das pedras e vejam por si só que não estou falando da boca pra fora!

O site que é recomendado no aviso (http://www.101sul.com.br) é outra naba e não pertence ao Dnit e sim à ESGA (Empresa de Supervisão e Gerenciamento Ambiental) que figura entre uma das muitas empresas que venceram a concorrência para a realização das obras de duplicação da estrada.

Ah!, e por falar em informação, comunicação, alguém, algum dia, já conseguiu falar com a Polícia Rodoviária Federal pelo telefone 191? Pois é. Eu também não. E por acaso, você que é leitor desse decadente blog, saberia informar qual é o número do telefone dos postos da PRF de Itapema, Palhoça, Biguaçu e Rancho Queimado? Difícil, né? Mas eles próprios também não sabem. Vejam na imagem abaixo o que consta do site do DPRF Nacional.

Informação do site do DPRF: Eles não sabem o número do telefone dos postos nas estradas. E nós?

Mas para que ninguém me chame de rabugento e que só fico criticando, eu descobri o número dos telefones dos postos da PRF. Anotem aí:

  • 47-3368-2930 – Itapema
  • 48-3285-4541 – Biguaçu
  • 48-3283-5624 – Palhoça
  • 48-3275-0302 – Rancho Queimado

Então meus amigos e minhas amigas, antes de pegar a BR-101/Sul, lembre-se que os serviços de detonação de rochas são executados nas terças, quintas e sábados, com interrupção de tráfego, das 12 às 14 horas, quando as condições climáticas permitirem e se não for feriado (tem essa também).

Mas não se torturem muito não. A praça de pedágio de Palhoça está quase prontinha e aí vai ter 0800 pra todo mundo deitar e rolar.

Então, aproveitem esta maravilha de estrada e boa viagem!

Written by Abobado

abril 7th, 2009 at 9:40 pm

TCU cobra explicações do Senado sobre contratação de consultoria da FGV sem licitação

leave a comment

Senadores em atividade na Câmara Alta: É esse o tipo de gente que ajudamos a eleger. Acorda Brasil!

O procurador Marinus Eduardo Marsico, representante do Ministério Público no TCU (Tribunal de Contas da União), pede hoje informações ao Senado sobre a contratação de consultoria da FGV (Fundação Getúlio Vargas) para realizar um estudo de remodelação administrativa na Casa. O procurador quer investigar os motivos que levaram o Senado a contratar a FGV sem licitação.

O procurador vai questionar se a Casa já pagou pelos serviços de consultoria e os valores envolvidos na operação – que foram mantidos em sigilo pelo Senado.

O Senado vai ter o prazo de dez dias para responder aos questionamentos do procurador. Marsico pode pedir a abertura de investigação no TCU sobre a contratação da FGV caso encontrar indícios de irregularidades no caso. Folha Online

Leia mais aqui.

Written by Abobado

abril 7th, 2009 at 12:50 pm

Estado e prefeitura de Florianópolis divergem sobre guard-rails em pontes

leave a comment

Ponte Colombo Salles e as defensas da discórdia: Dinheiro público em obra desnecessária

O Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) e o Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (Ipuf) não conseguem chegar a um acordo sobre as defensas (guard-rails) que devem ser colocadas nas pontes de acesso à Ilha de Santa Catarina.

Os guard-rails já foram colocados pelo Deinfra na maior parte do lado direito da Ponte Colombo Salles (sentido Ilha-Continente), mas o trabalho foi suspenso no dia 17 de fevereiro. Com base no Estatuto da Cidade, a obra foi embargada pelo Ipuf por interferir na visibilidade da Ponte Hercílio Luz, um dos principais símbolos do Estado.

De acordo com o presidente do Deinfra, Romualdo França, após o embargo o assunto foi discutido entre técnicos do Ipuf e do Deinfra, mas a solução apresentada pelo órgão municipal não oferece as garantias de segurança necessárias. ClicRBS

Leia mais aqui. Imagem de Júlio Cavalheiro.

Written by Abobado

abril 6th, 2009 at 1:56 pm

Santa Catarina – Ronaldo Coutinho: A fera do tempo

4 comments

Ronaldo Coutinho e esposa Neide: Distante do mundo real em São Francisco de Paula (RS)

Adorado por uns, odiado por outros, ele fez da paixão de infância sua profissão. Ficou ainda mais conhecido em função do Furacão Catarina. Ronaldo Coutinho, 44 anos, tem uma vida tranquila. Pelo menos no que diz respeito à família. A união com Neide foi rápida como um raio. Foram 25 dias entre se conhecer e casar. A história pode parecer loucura pra uns, mas não pra eles que vivem felizes há 12 anos e têm dois filhos, Bianca de sete e Guilherme de dois anos. “Trabalho no que gosto, tenho as quatro estações do ano e uma bela família”, conta com muito orgulho.

Coutinho olhava para o céu desde pequeno e fazia anotações sobre tudo que dizia respeito ao tempo. E assim, foi aprendendo a respeitar o assunto, e mais tarde ser respeitado. Antes de se formar, Coutinho já fazia estágio na antiga Empasc, atual Epagri. Ainda em Florianópolis, foi um dos responsáveis pela criação do Climerh, onde ficou até 1995. Mais tarde, em Fraiburgo, trabalhou no combate ao granizo. Tempos depois, voltou pra Florianópolis, sua terra Natal, e em 1998, foi definitivamente pra São Joaquim. “Gosto de frio, só uni o útil ao agradável”, fala. Rádio Criciúma

Leia mais aqui.

Visite o site da Climaterra.

Written by Abobado

abril 6th, 2009 at 12:07 pm

Opinião no Estadão: Game premia estupro e pedofilia

one comment

Algumas telas do game Rapelay: No nosso tempo usávamos os famosos "catecismos" e imaginação

Carlos Alberto Di Franco

Tudo começa numa estação do metrô, onde o jogador encontra uma mulher e começa a molestá-la. Os estupros ocorrem primeiro no trem e depois num parque da cidade. Se o criminoso conseguir fotografar a vítima nua e chorando, ele tem acesso às duas filhas da vítima, também as violenta e, depois, obriga todas a abortarem.

Se o leitor imagina que estou relatando mais um caso escabroso de crime sexual, errou. Trata-se de uma reportagem, dura e dramaticamente verdadeira, sobre o mercado informal de entretenimento. Renato Machado, repórter do Estado, radiografou o conteúdo e a comercialização de games vendidos livremente na internet e nas ruas de São Paulo.

A reportagem do jornal encontrou o jogo japonês para computador, Rapelay, nos catálogos de pelo menos cinco vendedores ambulantes que trabalham na região das Ruas Santa Ifigênia e Timbiras, no centro de São Paulo. O Rapelay foi produzido em 2006 pela empresa japonesa Ilusion e no fim do ano passado chegou a outros países. Os jogos podem facilmente ser baixados pela internet, em sites de compartilhamento.

Leia mais aqui.

Carlos Alberto Di Franco, diretor do Master em Jornalismo, professor de Ética e doutor em Comunicação pela Universidade de Navarra

Written by Abobado

abril 6th, 2009 at 9:00 am